Retto e Vanessa Patrícia Fidalgo Fernandes

Inicio > Ciclismo | Retto Blog > Retto e Vanessa Patrícia Fidalgo Fernandes

Retto  continua a apostar nos jovens talentos do ciclismo e nesta ocasião no ciclismo feminino, tal como já fizemos com Laura Baleta e Lourdes Cayetano, três vezes campeã da Quebrantahuesos e atual componente do Retto Team. Mas desta vez apresentamos-vos a Vanessa Patrícia Fidalgo Fernandes, natural de Alpiarça e jovem promessa que nos deu uma lição de caráter competitivo.

Vanessa

A Vanessa caracterizam-na duas coisas, uma a sua motivação e afã de superação perante as adversidades e o seu inconfundível sorriso. Desde muito jovem começou a sentir o espírito competidor dos grandes desportistas, pois com apenas 13 anos debutou nas competições e começou uma disciplina de treino por conta própria.

 … no ano 2000 as atividades desportivas eram bastante mais escassas do que as que existem atualmente.

Mas Vanessa não esteve sempre centrada no ciclismo, nos seus inícios apenas competia no atletismo,  com o que conseguiu o segundo lugar  numa prova de pista a contar para o Regional. Lamentavelmente, a falta de apoio técnico e uma lesão nos joelhos, muito característica do atletismo pelo impacto que estes recebem contra o solo, fazem com que Vanessa abandone os seus reptos.

Foram anos difíceis, pois quase 9 anos de médicos, revisões e inclusive uma intervenção cirúrgica de varizes numa perna fizeram-na deixar de lado o que tanto ansiava: voltar a competir. Como comentávamos no princípio destas linhas, a nossa jovem amiga é uma lutadora e, longe de desistir, apenas um mês após receber luz verde por parte dos médicos, montou a bicicleta e começou a treinar com um repto em mente, a Maratona de BTT organizada pelos Bombeiros Voluntários de Almeirin, com fins benéficos.

Vanessa2

De modo que com 26 anos, Vanessa remontou, ingressou num clube da zona e começou a participar em provas de ciclismo e enfrentando-se às adversidades que ia encontrando no caminho para o seu repto: participar em provas de ciclismo a nível Nacional.

 comecei a competir com só um mês de treino, com uma bicicleta que pesava cerca de 5/6 kg a mais que as outras e sem sapatilhas de ciclismo de encaixe e pedais de encaixe.

Tudo o que Vanessa conseguia destinava-o a alcançar os seus desafios, e foi assim como pouco a pouco começou a melhorar as condições, comprando uma bicicleta de segunda mão mais adequada para as competições e suporte técnico de dois treinadores para preparar a época até ao dia de hoje.

Agora estamos a falar da campeã Nacional de Meia Maratona!

Retto tem consciência que o futuro do desporto está nas mãos de jovens como Vanessa, que se sacrificam muito para alcançar os seus reptos e desafios pessoais, por ela e por todas as futuras gerações, esperamos encontrar gente no nosso caminho com o afã de superação, motivação como o caso que hoje vos contamos.

Bem vinda à família Retto, com a qual esperemos que lances muitos mais reptos.

pulseras

Um retto mantém-te vivo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *